36ª Assembleia Diocesana Extraordinária de Pastoral

O nosso bispo, Dom Guilherme, está convocando padres, agentes de pastorais, lideranças e coordenadores de CPPs, a participar neste sábado, 1ª de dezembro, da  Assembleia Diocesana  de Pastoral, no Centro de Formação Católica, no período das 8h às 17horas. Na assembleia, que é extraordinária, serão tratados diversos assuntos referentes à caminhada da Diocese de Lages. A Assembleia é o organismo mais importante para o exercício da corresponsabilidade e das decisões a respeito dos objetivos e metas prioritárias da Ação Evangelizadora.

Igreja celebra o II Dia Mundial dos Pobres

No último  domingo, 18 de novembro, a pedido do papa Francisco, a Igreja celebrou  no mundo todo o Dia do Pobre. Em Lages, as pastorais sociais organizaram um  momento de partilha e refeição comum na praça da Catedral, com a população em situação  de rua e catadores de papelão. “Foi um encontro  onde partilhamos o pão e a Palavra. Foi muito bom ” ressalta a Irmã Ivonete Paes, coordenadora da Pastoral Carcerária.

“O CÉU E A TERRA PASSARÃO, MAS AS MINHAS PALAVRAS NÃO PASSARÃO” (Mc 13,31).

O dito do título faz parte do Evangelho deste domingo, para quem é católico, mas para todos e todas que são cristãos, se encontra, conforme indicado, no Evangelho escrito por Marcos no capítulo 13.

De certa forma podemos dizer que é muito simples de confirmar esta verdade pelo simples fato de Jesus ser a encarnação da segunda pessoa da Santíssima Trindade que, por sua vez, é descrito e reconhecido no capítulo primeiro de São João como o “verbo”, quer dizer, a “PALAVRA” de Deus.

Diz o texto de São João: “No princípio (no começo de tudo) existia a PALAVRA, e a PALVRA estava com Deus e a PALVRA ERA DEUS. Ela estava no princípio junto de Deus. Tudo foi feito pela PALAVRA, e sem a PALAVRA nada foi feito. Na PALAVRA havia VIDA, e a VIDA era a LUZ dos homens”. … “A PALVRA SE FEZ CARNE E HABITOU ENTRE NÓS, …”

Ora, se Jesus é a PRÓPRIA PALAVRA e Ele é Deus, então por isso SUAS PALAVRAS não poderão passar nunca, porque ELE NÃO PODE, COMO DEUS, PASSAR OU DEIXAR DE EXISTIR.

Por isso mesmo, NÃO É LEGÍTIMO para quem crê em Jesus, SELECIONAR somente algumas de suas palavras e esconder, ignorar ou até mesmo NEGAR outras que não nos agradam ou nos desafiam a mudar radicalmente de vida.

Infelizmente a cada dia cresce mais o número de cristãos e cristãs, MESMO DENTRO DA IGREJA CATÓLICA, que são muito SELETIVOS em relação a Jesus, seu ensinamento e sua doutrina. No momento não estou me referindo a pregadores e pregadoras, mas aos cristãos NA PRÁTICA DE SUA VIDA. Claro que também há os pregadores, leigos ou ministros que comentem este pecado ou erro.

De certa forma, embora não seja uma expressão feliz, podemos dizer que quem é SELETIVO em relação a Jesus ou às suas PALAVRAS e só pega o lhe dá vantagens ou o que combina com seu modo de pensar e com sua vida, mas rejeita, ignora ou desdém AS PALAVRAS que não lhe agradam, é como QUERER FAZER JESUS EM PEDACINHOS E SÓ PEGAR ALGUNS PEDACINHOS, MAS NÃO QUERER O JESUS COMPLETO, POR INTEIRO. Seria mais ou menos como ter uma mesa farta de ricas iguarias onde cada um só pega o que lhe AGRADA AO PALADAR e deixa de lado o que não gosta.

Gostando ou não, Jesus não dá para fazer em PEDAÇOS. Ou o ACEITAMOS e ACOLHEMOS por inteiro, ou o NEGAMOS por inteiro. Quem acha muito forte algumas de suas PALAVRAS e por isso não as quer, mesmo que diga que aceita outras, já negou Jesus por inteiro.

Hoje vivemos o mundo e o tempo de DESCARTÁVEL, e isso não se pode fazer com Jesus e Suas Palavras porque ELE E SUA PALAVRA SÃO ETERNOS e por isso mesmo, NÃO PASSARÃO.

Na PALAVRA de Jesus EXISTE VIDA E LUZ e as TREVAS com sua sombra ou densas nuvens nunca foram e nunca serão vencedores.

Termino com a Oração do dia: “Senhor nosso Deus, fazei que a nossa alegria consista em vos servir de todo coração, pois só teremos felicidade completa, servindo a vós, o criador de todas as coisas”.
E também é PALAVRA de Jesus que afirma que SERVIR a Deus se faz SERVINDO ao próximo.

Deus abençoe a você e sua família.

+ Guilherme Antonio Werlang Werlang.

NO DIA 18 A IGREJA CELEBRA O DIA DOS POBRES

O POBRE GRITA, DEUS OUVE! (cf. Salmo 34, 7)
Atendendo ao apelo do papa Francisco e aos gritos das pessoas empobrecidas, vamos celebrar o II DIA MUNDIAL DO POBRE, no dia 18 de novembro, próximo domingo, as 20h., na praça da catedral. Queremos fazer uma MESA DE PARTILHA E REFEIÇÃO COMUM com a população em situação de rua, os catadores de material reciclável e tod@s os que compartilham de nossas lutas e esperanças. Por isso, contamos com tua presença! Se possível, leve algum alimento ou suco para compartilhar!
Solidariedade a gente não agradece, se alegra! Na alegria, te abraçamos!!!

Roda de conversa discute sobre identidade e rosto da Cáritas Diocesana

A Cáritas Diocesana de Lages realizou uma reunião, na última semana, no secretariado, para preparar a 10ª Assembleia Regional da Cáritas Brasileira. Participaram do Encontro o  nosso bispo  Dom Guilherme, o presidente da Cáritas, pe Ildo Ghizoni, o coordenador diocesano de pastoral, pe Henrique Bitencourt, a equipe executiva  e também lideranças e apoiadores da Cáritas Diocesana, com o objetivo de fazer uma roda de conversa para definir qual é o rosto da Cáritas.

No início do encontro., ocorreu uma reflexão sobre o Evangelho de São João 10, 11-16, com a parábola do Bom Pastor, aquele que cuida, protege e abre caminhos. Na roda de conversa, foi utilizado o método da Igreja Latino Americana – 1- Acolhimento; 2- ver (a realidade da Cáritas Diocesana); 3 – Iluminar (reflexão a luz da palavra de Deus e Documentos); 4 – Agir (Diálogo sobre as conquistas e desafios . As discussões realizadas nessa reunião serão levadas para a Assembleia Regional da Cáritas Brasileira, que será realizada nos dias 24 e 25 de novembro em Florianópolis.

Palavra do nosso bispo, Dom Guilherme

Bom dia minha amiga e meu amigo.

“ESTE HOMEM ACOLHE OS PECADORES E FAZ REFEIÇÃO COM ELES” (Lucas 15,2).

Sem dúvidas que a minha formação religiosa que recebi desde a infância e depois, ao longo dos anos de seminário e, ainda mais, “as línguas das exigências sociais” devido minha condição de Religioso, Padre e depois, Bispo, SEMPRE ME CONDICIONARAM A QUE EU ANDE COM “AS PESSOAS DE BOA FAMA, AS PESSOAS DE BEM”.

É também verdade que somos NÓS que fazemos, a partir de normas morais, éticas e escalas de valores que CLASSIFICAMOS quem são estas “pessoas de boa fama ou pessoas de bem” e em consequência, também “AS PESSOAS DE MÁ FAMA E AS QUE NÃO SÃO DO BEM”.

A humanidade inteira, em TODAS AS GERAÇÕES, CULTURAS E RELIGIÕES sempre fez isso e certamente continuará a fazê-lo e até com boa dose de razão.

Até aqui não estou entrando no mérito desta questão.

O que desejo abordar é a questão: “PARA QUEM JESUS FOI ENVIADO” e em consequência, A QUEM A IGREJA DEVE SER ENVIADA E, PORTANTO, A QUEM NÓS MINISTROS DA IGREJA TAMBÉM DEVEMOS NOS SENTIR ENVIADOS?

É claro que Jesus foi enviado para TODA a humanidade porque TODOS E TODAS somos pecadores e pecadoras, EMBORA NEM TODOS E TODAS NOS RECONHEÇAMOS COMO TAIS e, por isso mesmo, nos CLASSIFICAMOS como melhores ou piores, mais puros e mais pecadores, mais . . .

Então deixemos a resposta à questão, “para quem Jesus foi enviado” na própria palavra Dele: Lc. 5,32 “Eu não vim chamar para a conversão os justos, mas os pecadores”; Lucas 19,10 “O Filho do Homem veio procurar e salvar o que estava perdido”; Mateus 9,12,12-13 “Jesus ouvindo isto, respondeu-lhes: “Não são os que tem saúde que precisam de médico, mas os doentes”. Ide e aprendei o que significam estas palavras de Oséias 6,6: Eu quero a misericórdia e não os sacrifícios. EU NÃO VIM CHAMAR OS JUSTOS, MAS OS PECADORES”.

Eu poderia acrescentar aqui ainda muitas outras palavras de Jesus, mas creio que já está claro que NINGUÉM PODE ESTAR FORA DE NOSSA AÇÃO E “P R E S E N Ç A” PASTORAL E EVANGELIZADORA.

Assim como Jesus foi duramente CRITICADO pelos “JUSTOS”, “PUROS” e “SANTOS” de seu tempo, especialmente os que eram os DONOS da religião e CONTROLAVAM O TEMPLO, o mesmo continua acontecendo em TODAS AS IGREJAS CRISTÃS, inclusive em nossas Paróquias, Diocese, e mesmo no Vaticano, agora em especial com as ATITUDES E ENSINAMENTOS DO PAPA FRANCISCO, quando ACOLHE, DIALOGA E VAI AO ENCONTRO DOS CLASSIFICADOS “IMPUROS E PECADORES” DE NOSSO TEMPO.

Olhando no Evangelho, nas Palavras a ATITUDES podemos talvez entender o que o Papa Francisco nos pede quando diz, entre tantas outras palavras fortíssimas: “PREFIRO UMA IGREJA ACIDENTADA, FERIDA E ENLAMEADA POR TER SAÍDO PELAS ESTRADAS, A UMA IGREJA ENFERMA PELO FECHAMENTO E A COMODIDADE DE SE AGARRAR ÀS SEGURANÇAS”. . . . “COM OBRAS E GESTOS, A COMUNIDADE MISSIONÁRIA ENTRA NA VIDA DIÁRIA DOS OUTROS, ENCURTAR AS DISTÂNCIAS, ABAIXA-SE, SE FOR NECESSÁRIO, ATÉ À HUMILHAÇÃO E ASSUME A VIDA HUMANA, TOCANDO A CARNE SOFREDORA DE CRISTO NO POVO. OS EVANGELIZADORES CONTRAEM ASSIM O “CHEIRO DE OVELHAS”, E ESCUTAM A SUA VOZ”.

+ Guilherme Antonio Werlang Werlang”!

Participe da Festa das Tendas em Bom Jardim!

A 22ª Festa das Tendas ocorre no dia 25 de novembro em  Bom Jardim da Serra,  na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. As comunidades estão se organizando com ônibus para participar deste grande evento de solidariedade e partilha em nossa Diocese. A chegada será às 8 horas, e o envio,  com a Celebração de Encerramento, às 15 horas. Procure a sua paróquia e participe!!! Sua presença é muito importante!!!

 

Coordenação Diocesana da Pastoral da Saúde realiza reunião

A Paróquia Nossa senhora do Rosário sediou, nesta terça, 6 de novembro, a reunião da coordenação da Pastoral da Saúde da Diocese de Lages,  com as coordenações paroquiais com objetivo de avaliar, planejar, trocar experiências e confraternizar. Participaram do encontro representantes de 15 paróquias, oportunidade em que foi  realizada uma avaliação e agradecimento dos trabalhos deste ano de 2018. Avaliando de forma muito positiva o encontro, a coordenadora das pastorais sociais da diocese, Irmã Terezinha Menegatt, afirma: “Que possamos continuar na luta e defesa da Saude pública e gratuita. Que o sonho de Jesus se concretize para que todos tenham vida e vida em abundância”!saúde