Alex do Prado é ordenado presbítero em Lages

Com o lema “Sem Mim Nada Podeis Fazer” João (15,5), Padre Alex Antunes do Prado foi ordenado na tarde de hoje, 22 de dezembro, na Catedral.  A ordenação presbiteral, presidida pelo nosso  bispo, Dom Guilherme Werlang, contou com a presença de vários  padres, religiosas, diáconos, seminaristas, familiares e a comunidade em geral.Nascido em Lages, é graduado em Contabilidade e Administrção de Empresas. Foi catequista, ministro extraordinário da comunhão e da Palavra na Paróquia Nossa Senhora das Graças, tempo em que iniciou o despertar para sua vocação. Ingressou no seminário menor da Diocese de Lages, e mais tarde, no seminário teológico em Florianópolis, onde deu continuidade aos estudos eclesiásticos. Os estudos foram subsidiando a vida prática na sua realidade pastoral. Durante o período formativo realizou estágio pastoral em paróquias da nossa diocese e da arquidiocese de Florianópolis. Também exerceu a função de professor na Escola Diaconal. Atualmente, reside na Paróquia da Catedral, exercendo o seu ministério nas atividades pastorais, e no Secretariado Diocesano. Foi designado para atuar como vigário em Campo Belo do Sul.

Ordenação presbiteral em São Joaquim

No dia 15 de dezembro o povo serrano foi presenteado com a Ordenação Presbitetal de Victor José Grassi, em São Joaquim. Natural de Cri ciúma, desde pequeno teve a vontade de entrar no seminário, ser padre, mas o tempo acabou passando… Começou a estudar, cursar Administração de Empresas,trabalhar, teve a oportunidade de morar fora do país (Portugal, França e Inglaterra). Quando retornou, aos 27 anos de idade, sentiu-se chamado por Deus. Fez o pedido para entrar no seminário, e foi muito bem acolhido pelo bispo e conselho de formação da diocese de Lages. Foi se preparando, hoje auxilia como Diácono na Paróquia em São Joaquim. “Tenho muita gratidão ao povo serrano”, afirma. Seu lema é “Eu vivo, mas não eu: é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20).

Que Deus o ilumine e abençoe!!!!

DAS CASAS SUBTERRÂNEAS AOS DIAS ATUAIS

No dia 30 de novembro de 2018, sexta-feira, foi realizado o Curso de formação para professores da rede Municipal e Estadual, com profissionais da área de História, com a presença de 45 pessoas da Comunidade Indígena da Aldeia Bugio, do município de José Boiteux.O evento foi realizado em São José do Cerrito. Participaram em torno de 150 pessoas, entre professores, alunos, lideranças e convidados. Alguns estudantes do ITEPAL se fizeram presente no período da tarde, no momento da “roda de conversas”. Os professores: Pedro da Silva e Jomara de Liz, juntamente com a Secretária Municipal de Educação do Cerrito Ana Maria e a diretora da Escola Leovegildo de Salto dos Marianos, Professora Simone, coordenaram as atividades em parceria com Srs. Rodrigues Pinto Reis e Osias Paté, da Escola Indígena da aldeia Bugio.O dia se iniciou com apresentações na Escola do Salto dos Marianos, depois visita aos sítios arqueológicos (casas subterrâneas, aterro-plataforma e ‘danceiro’), de Santo Antônio dos Pinhos e Boa Parada e após o almoço, no salão Paroquial do Cerrito, aconteceu a roda de conversa, onde os índios responderam perguntas, contaram como vivem, encenaram teatro, cantaram e venderam artesanatos e livros.Foram momentos fortes de integração, convivência, muita emoção, aprendizado e muito conhecimento. No final a comunidade presenteou a Comunidade Indígena com a doação de alimentos e centenas de brinquedos para o Natal deles.

Diocese realiza 36ª Assembleia Pastoral

O Bispo de Lages, Dom Guilherme e  o coordenador diocesano de pastoral, Pe Henrique Bitencourt, juntamente com padres e religiosas , leigos e leigas representantes de todas as paróquias, pastorais e movimentos, realizaram, neste sábado, 1º de dezembro, a 36ª Assembleia Diocesana Pastoral. “A nossa Assembleia tem a força de confirmar as  decisões e caminhada da nossa igreja, e também de incluir novas propostas”, afirmou Dom Guilherme na abertura do encontro, que aconteceu na casa de formação, e reuniu mais de 150 pessoas. Ele disse ainda: “Queremos uma igreja  participativa, dialogal, mais ouvinte do que falante, que tenha sinolidade – em cada comunidade deve estar o rosto da diocese” afirmou o bispo. O encontro reafirmou o compromisso com as diretrizes diocesanas, e propiciou o estudo e entendimento das diretrizes em vários aspectos da vida na diocese.   

Igreja celebra o II Dia Mundial dos Pobres

No último  domingo, 18 de novembro, a pedido do papa Francisco, a Igreja celebrou  no mundo todo o Dia do Pobre. Em Lages, as pastorais sociais organizaram um  momento de partilha e refeição comum na praça da Catedral, com a população em situação  de rua e catadores de papelão. “Foi um encontro  onde partilhamos o pão e a Palavra. Foi muito bom ” ressalta a Irmã Ivonete Paes, coordenadora da Pastoral Carcerária.

Roda de conversa discute sobre identidade e rosto da Cáritas Diocesana

A Cáritas Diocesana de Lages realizou uma reunião, na última semana, no secretariado, para preparar a 10ª Assembleia Regional da Cáritas Brasileira. Participaram do Encontro o  nosso bispo  Dom Guilherme, o presidente da Cáritas, pe Ildo Ghizoni, o coordenador diocesano de pastoral, pe Henrique Bitencourt, a equipe executiva  e também lideranças e apoiadores da Cáritas Diocesana, com o objetivo de fazer uma roda de conversa para definir qual é o rosto da Cáritas.No início do encontro., ocorreu uma reflexão sobre o Evangelho de São João 10, 11-16, com a parábola do Bom Pastor, aquele que cuida, protege e abre caminhos. Na roda de conversa, foi utilizado o método da Igreja Latino Americana – 1- Acolhimento; 2- ver (a realidade da Cáritas Diocesana); 3 – Iluminar (reflexão a luz da palavra de Deus e Documentos); 4 – Agir (Diálogo sobre as conquistas e desafios . As discussões realizadas nessa reunião serão levadas para a Assembleia Regional da Cáritas Brasileira, que será realizada nos dias 24 e 25 de novembro em Florianópolis.

Coordenação Diocesana da Pastoral da Saúde realiza reunião

A Paróquia Nossa senhora do Rosário sediou, nesta terça, 6 de novembro, a reunião da coordenação da Pastoral da Saúde da Diocese de Lages,  com as coordenações paroquiais com objetivo de avaliar, planejar, trocar experiências e confraternizar. Participaram do encontro representantes de 15 paróquias, oportunidade em que foi  realizada uma avaliação e agradecimento dos trabalhos deste ano de 2018. Avaliando de forma muito positiva o encontro, a coordenadora das pastorais sociais da diocese, Irmã Terezinha Menegatt, afirma: “Que possamos continuar na luta e defesa da Saude pública e gratuita. Que o sonho de Jesus se concretize para que todos tenham vida e vida em abundância”!saúde