DAS CASAS SUBTERRÂNEAS AOS DIAS ATUAIS

No dia 30 de novembro de 2018, sexta-feira, foi realizado o Curso de formação para professores da rede Municipal e Estadual, com profissionais da área de História, com a presença de 45 pessoas da Comunidade Indígena da Aldeia Bugio, do município de José Boiteux.

O evento foi realizado em São José do Cerrito. Participaram em torno de 150 pessoas, entre professores, alunos, lideranças e convidados. Alguns estudantes do ITEPAL se fizeram presente no período da tarde, no momento da “roda de conversas”. Os professores: Pedro da Silva e Jomara de Liz, juntamente com a Secretária Municipal de Educação do Cerrito Ana Maria e a diretora da Escola Leovegildo de Salto dos Marianos, Professora Simone, coordenaram as atividades em parceria com Srs. Rodrigues Pinto Reis e Osias Paté, da Escola Indígena da aldeia Bugio.

O dia se iniciou com apresentações na Escola do Salto dos Marianos, depois visita aos sítios arqueológicos (casas subterrâneas, aterro-plataforma e ‘danceiro’), de Santo Antônio dos Pinhos e Boa Parada e após o almoço, no salão Paroquial do Cerrito, aconteceu a roda de conversa, onde os índios responderam perguntas, contaram como vivem, encenaram teatro, cantaram e venderam artesanatos e livros.

Foram momentos fortes de integração, convivência, muita emoção, aprendizado e muito conhecimento. No final a comunidade presenteou a Comunidade Indígena com a doação de alimentos e centenas de brinquedos para o Natal deles.

Posted in Aconteceu na Diocese, Eventos do Mês, Notícias.