Encontro dos Diáconos Permanentes da Diocese de Lages.

Na manhã deste sábado (8/7), aconteceu mais um encontro dos Diáconos Permanentes da Diocese de Lages.
O encontro foi realizado na acolhedora residência do Diácono Walter e sua esposa Alcina, em Correia Pinto.
Na chegada, foi servido um bom café da manhã.
Em seguida, Diácono Walter dirigiu palavras de acolhida e boas vindas e iniciou a oração de abertura do encontro. Foi lido o Evangelho do dia e Dom Nelson fez uma breve meditação sobre o Evangelho proclamado (Mt 9, 14-17). Dom Nelson falou sobre o sentido do jejum. A gente jejua enquanto está longe do Senhor. Nos Domingos e festas não se faz jejum. Quando a gente está separado do Senhor, então, fazemos jejum da Sua ausência. Se o Senhor está conosco, não fazemos jejum.
Na sequência, o Coordenador, Diácono Claudiomir, abriu o encontro pedindo ao Diácono Sid para falar sobre a Assembleia Nacional dos Diáconos realizada em Aparecida em maio.
Um dos assuntos importantes tratados na Assembleia Nacional foi sobre o Subsídio da Celebração da Palavra que será elaborado pela CNBB a fim de que haja unidade na Celebração da Palavra por parte dos Diáconos.
No Brasil são cinco mil Diáconos.
Em seguida, Diácono Claldiomir apresentou a Assembleia Regional (Sil 4) dos Diaconos ocorrida em junho.
Foi discutido sobre o Retiro anual dos Diáconos Permanentes e suas esposas.
Dom Nelson recordou os N. 75 e 118 das Diretrizes Nacionais dos Diáconos Permanentes que fala exatamente sobre a importância do Retiro. O Retiro anual não é facultativo, mas uma necessidade espiritual.
Dom Nelson sublinhou que sem o alimento espiritual a própria ação pastoral fica sem fruto. O Retiro é uma graça, não uma imposição. Não deve haver fuga do Retiro. Deve se fazer todo esforço para participar do Retiro.
Pe. Joacir propôs de rever o local do Retiro e confirmar a presença dos participantes.
Ficou definido que o Retiro acontecerá na data prevista 2 e 3 de setembro, com início às 9h. O término será no Domingo, com o almoço. O local será em Lages. Pe. Joacir verificará o local exato. O pregador será Pe. Joacir.
No feriado de 15 de novembro, está programado o dia do lazer dos Diáconos e suas famílias. O local será no Camping Tio Celso, em Lages (Salto). Diácono Alvarino e esposa ficaram responsável para providenciar a alimentação.
Nos dias 7 a 10 de agosto haverá a formação permanente do Clero. Deverá ter a presença de um representante dos Diáconos.
Dom Nelson disse que a formação permanente dos Padres é uma e dos Diáconos é outra. São assuntos diferentes.
Diácono Sid passou os informes financeiros do caixa comum dos Diáconos.
Diácono Claodiomir informou que foi oferecida uma coroa de flores da Comissão dos Diáconos para o velório de Dom Oneres.
A próxima reunião dos Diáconos será no dia 25 de novembro, em São José do Cerrito(Paróquia).
Antes do final da reunião Dom Nelson teceu palavras formativas para os Diáconos.
Fazendo uso das Diretrizes dos Diáconos, Dom Nelson ressaltou a missão específica dos  Diáconos Permanentes. Viver com a alegria a própria vocação e trabalhar também pelas vocações diaconais.
Dom Nelson aproveitou para recordar questões práticas das funções diaconais na liturgia.
Foram orientações oportunas também mediante a perguntas e dúvidas dos presentes.
Se pede dos clérigos integral comunhão com a Igreja.
Dom Nelson informou também que a CNBB está estudando a elaboração de um Documento que se chama Ministério da Palavra para que os ministros leigos também possam pregar a Palavra. Esse Documento será apresentado à Santa Sé para receber sua aprovação.
A missão do Diácono está ligada ao Cristo servo, disse Dom Nelson. Cabe ao Diácono ser sinal de Cristo servidor (cf. n. 41 e 42 das Diretrizes dos Diáconos).
Ao finalizar a reunião, Dom Nelson deu a bênção a todos e aos alimentos para o almoço.

Top