“PARA QUE TODOS TENHAM VIDA”.

Bom dia minha amiga e meu amigo.

“PARA QUE TODOS TENHAM VIDA”.

Quando em 1999 o Papa João Paulo II, agora já reconhecido como santo da Igreja, me nomeou bispo diocesano de Ipameri, GO, eu quis que uma Palavra de Jesus fosse o referencial de todo meu MINISTÉRIO de Pastor.

Muitas DECISÕES teriam que ser tomadas a partir daquela hora, a cada dia. PARA QUE LADO PENDER? QUE LADO DEFENDER? ONDE EU PODERIA ME BASEAR PARA TER CERTEZA QUE AS DECISÕES SERIAM DE ACORDO COM A VONTADE DE DEUS? COMO NUNCA ME DEIXAR INFLUENCIAR POR INTERESSES DE GRUPOS DE DIREITA OU DE ESQUERDA, DE PARTIDOS POLÍTICOS OU IDEOLOGIAS?

Muitas outras preocupações passavam em minha mente e em meu coração. Eu deveria ter um referencial, um ponto de partida e algo que me fosse orientador e me indicasse a direção, o rumo.

Eu sabia que minha vida iria ser “devassada” para saber se eu era da Direita ou da Esquerda, seja no campo político, seja nas tendências internas da Igreja. A QUE GRUPO DE BISPOS EU IRIA PERTENCER OU SER CLASSIFICADO? Eu iria ser do grupo PROGRESSISTA ou CONSERVADOR? Muitas dessas perguntas me foram feitas diretamente pelas pessoas, leigas, religiosas/os ou padres.

Lembro que respondi para alguns que no mesmo dia eu poderia ser reconhecido de direita e de esquerda, sempre dependendo das posições que iria defender. E exemplifiquei: Se de manhã eu for perguntado se sou a favor ou contra o aborto e eu responder que sou contra o aborto, mesmo quando a gestante corre risco de vida, EU SERIA CLASSIFICADO COMO CONSERVADOR E DA “DIREITONA”. Se no mesmo dia, de tarde, ou até algum minuto depois for perguntado se sou a favor da Reforma Agrária no Brasil e se faço a Evangélica e preferencial OPÇÃO PELOS POBRES, na mesma hora seria classificado DE COMUNISTA, DE ESQUERDA E DA “ALA PROGRESSISTA DA IGREJA”, quando não também já como se fosse defensor de um determinado Partido Político.

Como eu já tinha escolhido como Lema para meu Ministério de Missionário da Sagrada Família e Padre, a resposta de Isaías a Deus: “EIS ME AQUI, ENVIA-ME”! (Is. 6,8), agora, sem deixar aquela inspiração e iluminação bíblica a SEMPRE ESTAR PRONTO PARA IR ONDE DEUS, POR MEIO DE MINHA CONGREGAÇÃO RELIGIOSA OU A IGREJA PRECISASSE, eu precisaria mais SEGURANÇA que me dessem a garantia de estar tomando as DECISÕES segundo a VONTADE DE JESUS CRISTO, que estava me chamando para esta nova missão.

Escolhi então que minha BÚSSOLA, ou o PÊNDULO A INDICAR O LADO A TOMAR NAS DECISÕES seria a própria Palavra de Jesus, O BOM PASTOR, que deu a razão de seu ENVIO pelo Pai até nós: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10).

Tive certeza, dentro de mim, que se o Bispo Diocesano é o PASTOR SERVIDOR de uma Igreja Particular, denominada pelos católicos com o nome DIOCESE, ESTA DEVERIA SER ENTÃO MINHA MARCA, MEU REFERENCIAL E QUEM DEFINIRIA EM TODAS AS CIRCUNSTÂNCIAS DE QUEM TOMARIA A DEFESA E OPÇÃO DO LADO A FICAR.

Assim, por saber que TODO Bispo é Pastor EM Jesus Cristo Bom Pastor, resumi o texto de Jesus acima dito e assumi como meu Lema Episcopal: “PARA QUE TODOS TENHAM VIDA” Jo 10,10).

Tenho consciência que devido meus limites humanos, nem sempre consegui ser 100% fiel no seguimento desse lema, mas tentei me esforçar para deixar transparecer que a Igreja e seus Bispos ou Clero em Geral, não assumem cores políticas partidárias e nem podem injustamente serem classificados como PROGRESSISTAS OU CONSERVADORES, de DIREITA ou de ESQUERDA, mas reconhecidos como FIÉIS DISCÍPULOS DO MESTRE E BOM PASTOR, JESUS DE NAZARÉ, DA GALILÉIA E DAS PERIFERIAS SOCIAIS.

Seguirei para a nova missão, mas com este mesmo LEMA orientador. “Para que TODOS tenham vida”.

+ Guilherme Antonio Werlang Werlang

Posted in Dom Guilherme.