Paróquia Nossa Senhora dos Campos – Correia Pinto

Nossa história é pequena e recente. Apesar disso é possível identificar o cenário em que se desenvolve a experiência de fé em Jesus Cristo. A denominação Nossa Senhora dos Campos não tem nada a ver com a topografia da região, mas sim, com a agricultura. Na ocasião em que a capela ia ser construída, passou por aqui Pe. Agostinho Rimbaldi, padre italiano que teria dado a idéia de padroeira: “mediadora do agricultor e do camponês”. É possível que seja uma devoção italiana, povo acostumado às lidas de plantação. A doação do terreno foi efetivada pelo senhor Domingos Alves Rodrigues. O lançamento da pedra fundamental da capela de Correia Pinto, ocorreu aos 26 de fevereiro de 1950, por ocasião do Ano Santo, com a presença de Dom Daniel Hostin, bispo diocesano. A construção da capela foi à base de mutirão e boa vontade do povo, chegando a sua inauguração aos 10 de maio de 1953. A capela Nossa Senhora dos Campos pertencia a paróquia da Catedral de Lages, era atendida espiritualmente pelos padres do seminário diocesano. Posteriormente, ficou pertencente e assistida pela paróquia de Ponte Alta. A partir de 1960 com o desenvolvimento da localidade: a construção da BR 116 e o tronco ferroviário, a Paróquia Nossa Senhora dos Campos teve sua ereção canônica no dia 1º de janeiro de 1970. O Pe. Dilmar Antônio Sell foi nomeado pelo bispo diocesano, o primeiro pároco da nova paróquia.

R: Lauro Muller, 665 – Cx.P. 15 88.535-000 – Correia Pinto – SC Fone: (49) 3243-1114