QUEM É POSTO À FRENTE DE UM POVO, TEM A OBRIGAÇÃO DE SER MODELO A SER SEGUIDO.

Bom dia minha irmã e meu irmão.

QUEM É POSTO À FRENTE DE UM POVO, TEM A OBRIGAÇÃO DE SER MODELO A SER SEGUIDO.

O BOM EXEMPLO DEVE VIR DE CIMA, mas infelizmente OS MAUS EXEMPLOS também vem do mesmo lugar.

No sentido religioso esta advertência nos vem da 1ª carta do Apóstolo São Pedro 5,1-4, mas sem dúvida, ela se pode estender a todos os que têm cargos de governo, de poder, chefia ou de liderança.

Isto começa pelos pais e mães de família, passa pelas escolas e universidades, prolonga-se no município com vereadores, prefeitos, delegados, policiais, promotores de justiça, juízes, presidentes de associações, sindicatos, clubes de serviço, Igrejas. Depois a mesma recomendação se estende ao nível estadual e por fim federal e mundial.

Pedro continua sua orientação, referindo-se aos presbíteros e agora tomo a liberdade e passo a todas as pessoas que tem autoridade e são postos à frente de grupos humanos, grandes ou pequenos, dizendo que o líder, chefe, ou que tem alguma autoridade, É POSTO PARA SER PASTOR E NÃO DOMINADOR.

“PASTOR”, neste caso significa, CUIDADOR, PROTETOR, DEFENSOR, ZELADOR, enfim, aquele que expõem livremente sua própria vida para que nada de mal atinja ou aconteça com quem a ele/ela é confiado.

A raiz dos males, das desigualdades, das injustiças, das imoralidades, da falta de ética, da destruição familiar e da total desestruturação do tecido social, da corrupção, da violência, dos desmandos, da desordem, dos roubos, das mentiras mais deslavadas e TODOS os demais males que vivenciamos em nosso Brasil e no mundo ESTÁ EXATAMENTE NOS MAUS EXEMPLOS QUE VEM DE CIMA, dos mais altos cargos de chefia, poder e comando.

SOU TOTAL E PLENAMENTE CONTRA A INTERVENÇÃO MILITAR DECRETADA POR UM PRESIDENTE CORRUPTO, LADRÃO E DE “MIL” OUTROS ADJETIVOS E DELITOS.

A “INTERVENÇÃO”, assim chamada, não resolverá absolutamente NADA a médio ou longo prazo, PORQUE NÃO ESTÁ INTERVINDO na raiz, origem e fonte da desordem, da injustiça, da violência.

O tráfico e comercialização de drogas, armas etc, NÃO pode ser vista como CAUSA ORIGINANTE, mas como desdobramento e CONSEQUÊNCIA, dos atos, comportamentos, decisões e desvios de conduta que está nos mais altos escalões da República.

Caso tivéssemos que admitir uma INTERVENÇÃO, embora ESTE NÃO É UM CAMINHO DEMOCRÁTICO, deveria acontecer a partir das mais altas cortes da justiça, e dos poderes legislativos e executivos, claro que sem deixar de passar pelos ministérios, bancos públicos ou privados e donos ou presidentes dos mega empresários do ou no país.

Imagine qual a autoridade de pai ou mão será respeitada quando em sua vida FAZEM EXATAMENTE O CONTRÁRIO daquilo que orientam, impõem ou exigem dos filhos. Quando grita, usa de força ou violência, dizendo “não faz isso ou aquilo”, MAS ELE/ELA faz sem pudor e na maior cara de pau. ONDE ESTARÁ SUA AUTORIDADE E ONDE NASCERÁ O QUE SEUS FILHOS/ FILHAS FARÃO DE ERRADO?

Poderemos exigir MUDANÇA na base social quando tivermos limpado, punido e corrigido A CÚPULA DA NAÇÃO.

OS BONS EXEMPLOS DEVEM VIR DE CIMA a serem seguidos pelos de “baixo”, MAS INFELIZMENTE OS MAUS EXEMPLOS TAMBÉM ESTÃO VINDO DE CIMA E SÃO SEGUIDOS POR MUITOS “DE BAIXO”.

O que acabo de afirmar também se aplica à família, aos donos do mercado, à muitas escolas e universidades e O PIOR DE TUDO, ATÉ DE MUITOS MEMBROS DE IGREJAS, INCLUSIVE DE NOSSA.

São Pedro, o escolhido de Jesus para exercer o PODER, A AUTORIDADE E O GOVERNO sobre o Rebanho, arrebata: “Sede pastores e CUIDAI do rebanho , não por coação, mas de coração generoso, não por torpe ganância, mas livremente; Não como dominadores daqueles que vos foram confiados, mas antes, COMO MODELOS do rebanho” (1ª Pd 5,2-3).

+ Guilherme Antonio Werlang Werlang

Posted in Dom Guilherme.