Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição

Emilie de Villeneuve, filha do Conde Luiz de Villeneuve e D. Rosalina Gabriela de Villeneuve. O pai era Conde, pertencente à classe da alta nobreza e estimado por todos porque era Prefeito de Castres, Sul da França. Emilie nasceu no dia 9 de março de 1811, foi batizada no dia 11 de março do mesmo ano.
Emilie de Villeneuve era essencialmente boa, serviçal, dedicada; no seu coração não havia uma parcela de egoismo; esquecia sempre de si mesma em benefício dos outros, e isso sem cálculos, sem esforço, abandonando-se apenas à tendência de sua delicada natureza.
Um dia o Pároco foi ao Castelo para pedir a Emilie que se ocupasse da juventude e ela aceitou prontamente. Aos domingos reunia jovens para dar-lhes formação e emprestar-lhes bons livros e ajudar nos momentos difíceis. Os jovens ficavam encantados por encontrarem uma companheira tão simples e compreensiva na “senhorita do Castelo”. Também gostava de dar catecismo para as crianças. Ela ajudava em tudo na comunidade a tal ponto que a chamavam de “a vigária da Paróquia”.
Aos 23 anos conversando com sua amiga mais intima lhe disse: “Vejo claramente que Deus me chama para outro lugar. Rezemos juntas para que Ele me faça conhecer a sua vontade e me conceda a graça de a cumprir, custe o que custar “. Emilie procurou o Diretor espiritual que que disse: “Parte, minha filha, Deus a chama”…

No dia 9 de de dezembro de 1836, Emilie e mais duas conpanheiras iniciam uma nova Congregação, sob o olhar de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Iniciou sua obra com um ateliê de costura, acolhendo adolescente e jovens marginalizadas. No início, teve muitas dificuldades, mas Emilie tinha um coração grande para com os pobres e um ardente desejo de ser missionária.

Já, em 1848, enviou as primeiras Irmãs Missionária em Dakar, na África. O carisma que ela nos deixou é: “As Irmãs estarão juntos aos pobres e membros sofredores de Jesus Cristo e irão aonde a voz dos pobres as chamar e onde a vida está mais ameaçada”. A Congregação está presente em 4 continentes, em 15 paises expandindo o Carisma e espiritualidade de sua fundadora. No dia 5 de julho próximo teremos a alegria de sua Beatificação que será na França.
As Irmãs Azuis vivem seu carisma em Curitibanos, SC no atendimento às crianças, adolescentes, jovens doentes e idosos, estando sempre atentes às suas necessidades. Dedicam-se também ao serviço de animação vocacional. (SAV) e acompanhamento às jovens que buscam discernir sua vocação.

Colégio Maria Imaculada: Rua Madre Ivã Poupon, 79 CEP: 89.520 – 000 Curitibanos/ SC Tel: (49) 3245-0317

Rua Teodoro Agustini, 1270 CEP: 89.520 – 000 Curitibanos/ SC Tel: (49) 3245-1784